Blazer capa ou Capa blazer?

É tudo culpa da Thássia (Naves). Aposto que a ideia pra essa nova tendência surgiu depois que algum estilista cruzou com a blogger usando um dos seus blazers/casacos/jaquetas sobre os ombros.

Enquanto todo mundo criticava, o espertinho foi lá e pá! Criou o novo must-have da temporada!

Ou vai ver o estalo surgiu depois que a Solange (irmã da Bey) casou com aquela capa maravilhosa no ano passado. Coisa mais linda, aquilo lá!

 

 

Teorias à parte, o fato é que a peça tem de tudo pra fazer o maior sucesso na próxima estação. Pra quem ainda não entendeu o conceito, o Blazer Capa (ou capa blazer) é uma peça de alfaiataria, nada mais do que uma capa com estrutura e formato de blazer.

Ao invés das tradicionais mangas, os braços ficam livres, o que é ótimo pra deixar o visual – além de descolado – mais fresquinho.

Não é comum a gente usar capas pelas bandas de cá (ao contrário do que acontece em outros países), mas acho bem provável que essa peça seja aceita por aqui, por fazer uma releitura do tradicional blazer, com uma carinha reinventada.

 

 

A grande vantagem da peça é descomplicar, pois como ela já é diferente, todo o resto do look deve ser mais simples, ou seja, a dica é montar o look a partir do blazer capa, deixando que ele seja o centro das atenções.

 

Eu gostei de verdade dessa tendência, desde que me deparei pela primeira vez com alguma blogueira usando, ainda no ano passado, lá no instagram.

E vocês, o que acharam? Vão investir?

 

Era (uma vez) um biquíni tão pequenininho

 

Quem poderia imaginar, há uns cinco anos atrás, que um dia a gente voltaria a usar roupa de banho no estilo sessentinha, na maior compostura? Ou ainda: que usaríamos biquínis de mangas compridas? Ou ainda: que usaríamos blusas de mangas compridas (com proteção UV) em plena praia?

 

 

Pois é, foi-se o tempo em que os biquínis grandões eram coisa da gringa! Pelas bandas de cá, a vez é das opções mais compostas, com direito a hot pants, seja com prints digitais, estampas super coloridas ou os modelinhos retrô, com carinha de lingerie!

 

 

Eu AMO essa tendência! Como já falei por aqui, acho o máximo porque basta jogar uma peça bacana sobre a parte de baixo – saia longa ou pantalona, por exemplo – e a gente garante um visual de herdeira milionária, super digno pra passear pela orla ou aproveitar as baladinhas pós-praia numa boa.

 

Era uma vez uma moça que nunca usava relógios…

…Até que ela passou a ver um certo charme nos pulsos enfeitados com um toque retrô e essa história começou a mudar.

 

 

Quem me conhece sabe que no sé preparar café y jamás uso reloj. (E sou fãzona da Shakira!).

Existe algo entre o tamanho da minha mão e a largura do meu pulso – desproporcionalmente falando – que sempre me impediu de enfeitar esse espaço. E aí você deve achar estranho, e se perguntar: com tantas outras coisas pra me incomodar nessa vida, eu fui cismar com esse pequeno detalhe? É. Fui.

Adoro anéis, mas sempre evitei pulseiras, relógios e braceletes. Até o dia em que esbarrei em uma imagem no instagram onde uma moça usava um mix de pulseiras e um modelo vintage do relógio Casio. Não sei se foi a forma como ela combinou tudo (inclusive o esmalte) ou se foi qualquer outra coisa oculta naquela imagem que me chamou a atenção, mas a verdade é que desde então eu passei a simpatizar com o tal reloginho!

 

 

Desse dia em diante, ele começou a me perseguir e, onde quer que eu olhe, volta e meia me deparo com uma combinação pra lá de interessante entre o tal relógio e vários outros acessórios. Fiquei contente ao ler esses dias que a peça é o it-acessório da temporada. Coincidência ou não, resolvi experimentar!

 

 

Comprei um relógio e tenho pensado em alguns modelos de pulseiras do meu agrado. Quero muito dar um pulo em uma loja de montagem de bijuterias e comprar dezenas de materiais pra fazer minhas próprias pulseiras e braceletes. Se ficarem legais, mostro tudo por aqui depois!

Vejamos se eu consigo aderir à tendência ou se seguirei fiel à letra de inevitable :)

 

Unhas metalizadas

Já falei por aqui, e  as vitrines por aí comprovam que o metalizado é uma aposta certeira pra próxima estação: nas roupas, acessórios, maquiagem e unhas, vamos ver todo mundo espalhando glamour por aí!

 
 

 
 

A gente entra no embalo agora, com as festas de final de ano. Aliás, eu não resisto a usar detalhes assim nos looks de Natal e Reveillón, já virou tradição!

Com a moda cada vez mais acessível e democrática, fica fácil aderir à tendência: não é de hoje que as marcas nacionais investem em tons metálicos, e a variedade de opções está cada vez maior.

Então se você já decidiu a roupa, cabelo e make que serão usados na virada, é hora de escolher um tom metalizado pra usar nas unhas, e garantir muito glamour pra o ano novo!

 

Todo mundo animado pro réveillon?

 

As imagens mais lindas da SPFW

A semana de moda mais famosa do país terminou há poucos dias, e graças à overdose de posts sobre o assunto nos blogs especializados, eu nem ia comentar sobre o evento, até que algumas imagens me fizeram suspirar.

Primeiro foi o desfile da PatBo, estreante na Fashion Week, fez bonito que só. Os moletons da coleção estavam tão lindos, mas tão lindos, que eu não consigo pensar em outra coisa desde então, sempre que a palavra inverno me vem à mente.

Com os bordados característicos de Patrícia Bonaldi, os modelos cropped elevaram a peça a um patamar fashion jamais imaginado. Fiquei encantada com o desfile, de verdade!

 

 

E, quando eu achava que nada mais poderia me tocar tanto quanto a beleza e sofisticação dessas peças, lá vem o Ronaldo Fraga pra me matar de orgulho! Que sensibilidade abrir o desfile com a simpática Capitu, uma cadelinha de seis anos que foi adotada (junto com os seus irmãos) ainda bebê.  

 

 

Coisa mais linda ver essa moça na passarela, incentivando a adoção de animais. Sem dúvidas, o momento mais lindo da SPFW, e uma iniciativa muito, muito louvável!