Nail art: unhas geométricas

 

Eu nunca fui fã de nail art. O mais perto que chego disso é uma francesinha, e olhe lá! Acho que a última vez que usei foi no meu noivado =)

Mas dia desses, enquanto o meu polegar rolava sobre as imagens do instagram, uma especial me chamou a atenção: era essa aí embaixo, da mão que segura a xícara. Gostei do que vi e fui buscar mais referências.

 

 

Encontrei imagens tão lindas e inspiradoras, que deu vontade de fazer igual! Achei muito moderninha essa coisa de usar formas geométricas nas unhas, uma forma de sair do lugar comum, mas sem exageros.

 

 

Olhando assim, parece fácil fazer, né? Pra quem não leva muito jeito, vale mostrar as imagens pra manicure, que certamente vai reproduzir direitinho.

Quero muito experimentar essa opção da unha nude com o triângulo preto. E vocês, o que acharam da novidade?

 

Esmalte de novela

 

Esse post foi sugerido pela Nádia, leitora querida (e super participativa) do blog.

A gente já falou por aqui dos looks da Donelô, a delegada fashionista do horário nobre, que tá fazendo o maior sucesso. Mas nem só de looks é feita a composição de um personagem, e os esmaltes usados pela Giovanna Antonelli também despertam desejo.

Atualmente ela tem usado a cor saudade, da Hits Specialittá – coleção Gio Antonelli. #espertinha

 

 

O tom é lindo (um burgundy, hit do inverno), e super sofisticado. Só há um probleminha: além de não ser fácil encontrar o esmalte por aqui, cada vidrinho custa R$ 14,50. Meio salgadinho pra um esmalte, né?

É aí que entra a Nádia. Munida de um consumismo investigativo invejável, a danada descobriu o irmão gêmeo do esmalte, que custa pouco mais de R$ 2 e tem pra vender em qualquer perfumaria. Anota aí: a cor é Magma, da marca Jade.

Graças a Nádia, todo mundo pode copiar o esmalte da Donelô! Thanks, xuxu!

 

Dica pra o esmalte durar uma vida (ou quase!)

 

Perdoem o exagero do título, mas eu não resisto a possibilidade de fazer um drama (quem resiste?), principalmente quando a descoberta é das boas!

Sabe quando a gente aplica um esmalte lindo de tudo, as unhas ficam com uma cor e brilho incríveis, mas aí dois dias depois as danadas já estão destacadas? E quando isso acontece no meio de uma viagem e a gente se vê obrigada a tirar tudo e ficar com as unhas peladas?

 

Pois presta atenção na dica que você vai levar pra vida: experimenta colocar cinco gotinhas de cola pra unhas postiças (o tubinho custa cerca de R$ 10) num vidrinho de esmalte extra-brilho. Não importa a marca, você compra o top coat e turbina com a cola. Agita um bocado pra misturar bem e pronto! Lembra de passar uma camadinha sobre as unhas esmaltadas (e de agitar sempre antes de usar) e você vai ver o esmalte durar muuito mais.

 

Tá na mão: Jackie

 

Embora a luz tenha puxado o tom pro lilás, o esmalte da foto é o famoso Jackie – Impala, que já deu pinta por aqui. Eu tinha um evento super formal essa semana, e precisava de um visual elegante, mas sem exageros, e acho que esse esmalte é exatamente assim. Consegue ser chique, sem passar despercebido.

Uma pena, mas acho que foi a última vez que eu usei. O vidrinho chegou ao fim! #chorei

Esmalte Fast Fashion

Achei muito bacana a ideia da Risqué lançar esmaltes fora de coleção, em datas inesperadas e com uma proposta totalmente diferenciada. Trazer para a marca o conceito fast fashion foi, de fato, uma grande sacada!

 

 

Eles já estrearam o projeto em grande estilo, com o Preto Fosco que é meu sonho de consumo até hoje (não, eu ainda não consegui encontrar o vidrinho por aqui). Depois foi a vez do Ouro Nude que, embora pareça mais do mesmo, tem lá o seu charme. E que nude não tem, né? #amo

Dessa vez, a cor segue a proposta “collor efect”, que reflete várias cores diferentes e alterna entre o violeta e o cinza. Daí o nome: Violeta acinzentado.

Confesso que não gosto de ver minhas unhas com tons de roxo, berinjela, lilás ou qualquer outro membro dessa cartela, mas fiquei com muita vontade de experimentar o terceiro lançamento da coleção que, ao menos no vidrinho, parece ser lindo!