Quando há festa dentro e fora da gente

Eu não planejei, mas aconteceu: tive a comemoração de aniversário mais longa (e feliz) da minha vida!

Soube na véspera que parte da família viria tomar café da manhã comigo, então tratei de comprar flores e pensar em um jeito bonitinho de recebê-los. Fui ao supermercado, passei na feira de flores e voltei pra casa com “carinho de mãe”, a flor preferida daquela que era uma das minhas pessoas preferidas no mundo: minha avó.

 

 

No meu dia 17 (sábado), acordei bem cedo e montei a mesa. Minha mãe logo apareceu com o bolo-surpresa mais lindo que eu já vi e com aquele tanto de amor que ela sempre carrega. Depois foram chegando os primos, os tios, os amigos, a comadre… E essa festa toda que começou – dentro e fora de mim – às oito horas da manhã, se estendeu até às duas da manhã seguinte.

Esse dia vai compor, pra sempre, um dos quadros mais bonitos da parede da minha memória e eu sou muito grata a todas as pessoas que tornaram isso possível, por meio das mais variadas demonstrações de carinho.

 

Em momentos assim, a gente se dá conta de que nada é tão valioso nessa vida quanto as relações genuínas construídas ao longo do tempo!

 

Sobre drinks e flores

 

Todo mundo concorda que as flores são capazes de deixar tudo mais bonito, né? Um ambiente da casa, a decoração de uma festa, a mesinha do trabalho, os drinks… Oi?

Não, eu não bebi e nem ando inventando moda. Na verdade alguém já fez o imenso favor de inventar essa moda pra gente e, se você franziu a testa ao ler a frase acima, aposto que vai abrir um sorrisão quando olhar as imagens aí embaixo:

 

 

Me diz se não é a coisa mais charmosa desse mundo, servir uma bebida (com ou sem teor alcoólico) acompanhada de um agrado desses? É como oferecer um drink e dar flores ao mesmo tempo!

 

A ideia vale pra um espumante, um suco ou até uma água com gás. Passeando pela internet, a gente encontra até receitas de drinks feitos com flores pra ganhar essa coloração rosadinha. Muito chique, né? Existe a opção de prender as flores na borda da taça, de colocá-las “boiando” sobre a bebida ou de preparar os cubos de gelo com as florzinhas.

Não importa o jeito, vai ser sucesso na certa!

 

Pra fazer a festa

 

Receber amigos em casa (ou em qualquer outro lugar) é sempre uma delícia, seja qual for o motivo da comemoração.
Sei que nem sempre existem recursos disponíveis pra que a gente contrate um decorador, então quero compartilhar com vocês os serviços oferecidos pela Florence Eventos.

Sim, vou fazer jabá do amor, porque a empresa é comandada por uma amiga querida que trabalha super bem e dispõe de um arsenal incrível de produtos pra decoração de festas e eventos.

 

 

Funciona assim: o serviço é totalmente adaptável às necessidades do cliente. Quer contratar a decoração completa? Ela tem! Quer alugar apenas uma mesa bonita? Tem também! Já tem a mesa, mas precisa de uns vasos e bandejas? Também tem!

 

 

Os preços são muito justos e você pode contar com a Florence pra fazer desde um casamento até um chá entre amigas. A empresa é super criteriosa na seleção dos produtos e capta as tendências em decoração com uma velocidade incrível, ou seja: tudo bem atual e com ótima qualidade.

 

 

As fotos que ilustram esse post são de um ambiente montado pela Florence para a Feira de Festas Infantis, e todos esses itens estão disponíveis para aluguel, juntos ou separados. Ótima dica pras mamães que costumam fazer a festinha dos seus pequenos, pras noivas e seus chás, pras gravidinhas e pra todo mundo que gosta de receber os convidados no maior capricho!

 
Contato:
Florence Eventos

(81) 9715.6819 (whatsapp)

 

Encontro Vida Dois

Quem acompanha o blog sabe que eu não tive uma grande festa de casamento. A gente quis apenas uma celebração pequena. Casamos uma semana depois de passar um ano trabalhando na organização de um grande casamento, mas grande de verdade, desses onde quase não há limites de orçamento, sabe?

Acho que eu realizei todos os meus caprichos no casamento alheio, e, na semana seguinte, eu tava feliz da vida por escolher ficar rodeada apenas das pessoas mais íntimas. Toda noiva deve pensar isso, mas, pra mim, nenhum casamento foi tão lindo e especial quanto o meu!

Eu queria muito poder reviver aquela emoção todo ano, e acho que deveria ser assim pra todo mundo, mas a gente sabe que pra muitas noivas, o que deveria ser só motivo de alegria acaba dando uma dor de cabeça danada.

 

 

Pensando nisso, Lu Queiróz realizou na semana passada o 1º Encontro de Noivas Vida Dois, com o intuito de reunir as leitoras noivinhas em um espaço com dicas, fornecedores, bate-papo e troca de informações. Também teve muita comida boa, docinhos lindos, desfile de vestidos de noivas, mimos pras moças e sorteios incríveis!

Eu saí de lá bem na hora em que a orquestra tava começando o show, que deve ter rendido até altas horas, a julgar pela animação das meninas que foram ao evento. Imagina um monte de mulher reunida falando sobre casamento?

 

 

Pra quem ficou com vontade de participar da farra, se segura aí que ano que vem tem mais!

 

Tá tendo copa, sim!

Antes da abertura da copa, eu tava bem animada pra concentrar as festas aqui em casa e receber a turma toda pra assistir aos jogos, mas aí a gente começou mais uma etapa da reforma da cozinha (sim, mais uma!) e eu acabei desanimando.

A gente vinha se reunindo na casa dos meus sogros – foi lá que assistimos os três primeiros jogos – mas na sexta passada a turma resolveu vir pra cá. A ideia era não fazer nada, a gente iria se reunir pra torcer e só. Mas cês sabem que eu não resisto à vontade de montar ao menos uma mesa bonitinha, né?

 

 

Na sexta à noite eu corri pra cozinha, fiz chocolate-quente, queijadinhas (amo!) e mousse de limão. Catei os descartáveis coloridos que sobraram de uma das festas de Dieggo, as cartolinas que sempre me salvam, e pronto! Como é bom ter essas coisinhas em casa, viu? Em poucas horas tava tudo pronto e bonitinho. Ah, os cones de cartolina foram abastecidos de pipoca durante o jogo.

A partida foi um sufoco danado, diretamente proporcional à comemoração no final do jogo. Foi sofrido, mas foi bom, né? Agora vamos torcer pra nossa seleção levar essa taça! Imagina a festa!!!