Pra acabar com a bagunça

Quem aí nunca fez bagunça na hora de dar um jeito nas unhas, derrubando o vidrinho de acetona no chão ou sobre a mesa (e em cima da cama, então?). Eu já devo ter desperdiçado litros do produto ao longo da vida e adorei quando o marido sugeriu que eu utilizasse um frasco com vaporizador, pra acabar com a bagunça!

 

 

Como eu não pensei nisso antes, hein? Vocês não imaginam o tanto que é prático, gente! Facilita muito na hora de dosar a quantidade de produto que vai pro algodão, é super prático pra guardar (o meu fica deitado na caixinha e não derrama) e ainda deixa tudo muito bonitinho, né?

Eu já usei aqueles frascos com dosador na tampa, próprios pra acetona, mas também acontece dele liberar produto demais, dependendo de como a gente pressiona.

Agora não corro mais o risco de fazer bagunça. Taí uma dica que eu vou levar pro resto da vida!

Tá na mão: Jackie

 

Embora a luz tenha puxado o tom pro lilás, o esmalte da foto é o famoso Jackie – Impala, que já deu pinta por aqui. Eu tinha um evento super formal essa semana, e precisava de um visual elegante, mas sem exageros, e acho que esse esmalte é exatamente assim. Consegue ser chique, sem passar despercebido.

Uma pena, mas acho que foi a última vez que eu usei. O vidrinho chegou ao fim! #chorei

Esmalte Fast Fashion

Achei muito bacana a ideia da Risqué lançar esmaltes fora de coleção, em datas inesperadas e com uma proposta totalmente diferenciada. Trazer para a marca o conceito fast fashion foi, de fato, uma grande sacada!

 

 

Eles já estrearam o projeto em grande estilo, com o Preto Fosco que é meu sonho de consumo até hoje (não, eu ainda não consegui encontrar o vidrinho por aqui). Depois foi a vez do Ouro Nude que, embora pareça mais do mesmo, tem lá o seu charme. E que nude não tem, né? #amo

Dessa vez, a cor segue a proposta “collor efect”, que reflete várias cores diferentes e alterna entre o violeta e o cinza. Daí o nome: Violeta acinzentado.

Confesso que não gosto de ver minhas unhas com tons de roxo, berinjela, lilás ou qualquer outro membro dessa cartela, mas fiquei com muita vontade de experimentar o terceiro lançamento da coleção que, ao menos no vidrinho, parece ser lindo!

Tá na mão: Nude

 

 

Foi só eu confessar a minha paixão pelo tom pra que as meninas começassem a sugerir o Nude – Risqué nos comentários.

A sugestão em massa faz todo sentido, porque o tom é mesmo muito fofo!

Não sei em que planeta eu estava por passar tanto tempo sem saber da existência desse esmalte…

Ainda bem que vocês existem pra chamar a minha atenção pras coisas boas dessa vida, né?

Thanks, meninas!

Tá na mão: Dia das Estrelas

 

 

Com as unhas já recuperadas, estreei esmalte novo! No vidrinho a cor me pareceu super elegante, então apostei no Dia das Estrelas (Coleção Cine – Risqué), mas confesso que nas unhas o tom me decepcionou um pouquinho, sabe? Achei que ficou um dourado muito chamativo, então joguei uma cobertura fosca por cima.

Aí sim, adorei o tom! Ficou uma coisa meio nude, meio ouro rosé, dependendo da iluminação.

Incrível como a cobertura fosca consegue melhorar qualquer esmalte. É uma pena a duração ser tão fraquinha…

Sinto que vou precisar trocar o esmalte em breve!