Diário da reforma: lavanderia

Só quem já enfrentou os perrengues de uma reforma sabe quão maravilhosa é a sensação de ver um cômodo prontinho, por menor que ele seja!

Quando a nossa lavanderia ficou pronta, eu passei horas olhando pra ela e, mais do que uma parte da casa, eu via um pequeno fragmento de um sonho se tornando real. Pode parecer clichê, mas só a gente conhece o valor de cada gota de suor derramado até aqui.

 

 

O espaço da lavanderia não é tão grande, foi projetado de modo a atender direitinho as nossas necessidades e abriga apenas a máquina de lavar, a pia, um reservatório de água e algumas pranchas.

Nas pranchas a gente colocou caixas de madeira que guardam toalhas, produtos de limpeza e higiene. Há outra prancha na parede de cá, instalada acima da porta, onde fica o ferro de passar, aspirador e outros utensílios domésticos.

 

 

Abaixo da pia estão os baldes e bacias, que ficam escondidos atrás dessa cortininha feita com o mesmo tecido geométrico que utilizamos pra fazer a capa da tábua de passar ferro.

Esse móvel entre a pia e a máquina de lavar abriga um reservatório de água que está conectado à máquina e permite que a gente reutilize a água que ela jogaria fora, mas que agora é usada pra lavar a garagem e toda a área externa da casa, por exemplo.

 

 

Depois de tudo organizadinho, foi só colocar um quadro e um arranjo de flores pra dar um colorido e deixar o ambiente mais aconchegante.

Dieggo fez (além de todas as pranchas, caixas e móvel) o layout do quadro e a gente mandou emoldurar. Eu montei o arranjo de flores em uma lata de tinta que seria desperdiçada, mas ganhou uma camada de spray e se transformou num baldinho lindo, exatamente como eu imaginei!

 

6 Responses to “Diário da reforma: lavanderia”

  1. Talita disse:

    Oiii Lenyssa, sou frequentadora assídua do blog, porém não comentadora! hehe
    Achei demais esse reservatório de água, você poderia dar mais detalhes dele?
    Obrigada e tudo de bom, sua casa tá ficando linda!

    • Lenyssa Nunes disse:

      Oi, Talita!
      Obrigada por sua companhia constante e pelo elogio ao nosso cantinho:)
      Quanto ao reservatório, a ideia é muito simples e de fácil execução: Nós compramos um balde grande, com tampa e capacidade de 120 litros. Dieggo fez uma ligação entre ele e a máquina, então a água que ela joga vai enchendo o balde.
      Ele furou um dos lados desse balde e colocou uma torneira, pra que a gente retire a água.

      Beijo!

  2. Patrícia disse:

    Oi querida! Ótimo conteúdo! Onde você comprou essas flores? Lindas cores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>