Sobre a gratidão

Eu não criei esse blog pra ganhar dinheiro (se assim o fosse, teria me dedicado a ele como me dedico ao meu trabalho). Eu criei esse espaço para falar sobre coisas que eu gosto com pessoas que compartilham dos mesmos gostos. Em suma: criei o blog porque gosto de gente.

Dito isso, posso concluir que atingi a minha meta: vocês não fazem ideia de quantas pessoas boas o blog me trouxe nesses poucos anos! Construí amizades com pessoas que estão perto ou longe de mim – e me refiro apenas à distância física – cujos laços são fortes e reais.

Em um dos momentos mais difíceis da minha vida, tive o meu coração invadido por uma onda de amor e solidariedade que vinha de todos os lados, por meio de mensagens carinhosas de pessoas que me abraçavam com a alma.

Nos momentos felizes, sou surpreendida pela quantidade de pessoas que se alegram comigo, ainda que nunca tenham me visto pessoalmente ou desconheçam o som da minha voz.

Essa semana recebi uma mensagem que endossa tudo isso. A Talita – que acompanha o blog há quatro anos – me escreveu feliz por ver que a reforma da casa estava andando, me falou um pouquinho da sua vida e, em determinado momento, disse incluir a mim e a minha família em suas orações.

Eu me emocionei quando li tudo o que ela escreveu e tenho me emocionado todas as vezes que relembro as suas palavras. Não consigo mensurar a beleza contida no fato de alguém que eu não conheço* rezar por mim.

Talita, não há como agradecer a pureza do seu gesto, mas eu quero que você saiba que ele causou um impacto imenso na minha vida, pois me fez ser grata, e os benefícios da gratidão – diariamente comprovados pela ciência – fazem uma diferença danada na vida da gente!

 

 

“Não é a felicidade que nos torna gratos, mas a gratidão que nos torna felizes”.

 

Pode parecer relevante, mas não é: a gratidão faz com que o cérebro libere ocitocina (o hormônio do amor) e dopamina, responsável pela sensação de prazer e recompensa.

Isso nos motiva a agir em direção a novas metas, nos faz querer seguir adiante, ir além. Vários cientistas recomendam que, antes de dormir, a gente agradeça ao menos cinco coisas – podem ser pequenas ou grandes, não importa – que aconteceram durante o dia. Dessa forma nós dormimos melhor e acordamos com mais motivação no dia seguinte.

Ao alimentar esse ciclo, a vida se torna mais leve e, até mesmo os problemas, mais suportáveis.

Há dias eu tenho incluído os comentários carinhosos de vocês na minha listinha, e saibam que essa é a razão de ser do blog, é por isso que há quase cinco anos eu compartilho por aqui tudo que acho válido, e mesmo tendo passado um tempo longe, aqui está o meu coração, grato e feliz, por tudo de bonito que vocês têm me dado.

 

Obrigada. Obrigada. Obrigada.

 

*Apesar de não ter visto a Talita pessoalmente ainda, a sua energia boa me rodeia há anos e espero, muito em breve, trocarmos um abraço apertado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>