Eu não sou modelo

Há uns dias eu fui convidada para fotografar pra uma marca de roupas da região. Eu não sou modelo, não estou habituada a fazer fotos comerciais e, cada vez mais, quero desvincular o blog de projetos do tipo.

Acontece que nesse caso específico, o trabalho envolvia pessoas e, consequentemente, energias tão boas que eu me permiti fazê-lo.

Tudo foi feito com muita leveza, e a beleza do resultado vai muito além das imagens que eu compartilho com vocês.

 

 

 

 

 

 

 

Edgar Filho cuidou da minha beleza e, além da maquiagem incrível, deixou o meu cabelo com esse volume de capa de revista. Nayara Pedrosa arrasou nos cliques e na paciência com a minha falta de jeito. Dieggo Morgan acompanhou tudo de pertinho e foi o responsável pelo tratamento das imagens.

 

Tá na mão: esmalte em spray

A Nails Inc. lançou esses dias o Paint Can, um esmalte em spray. Não bastasse a ideia ser ousada, a proposta é carregada de praticidade: após borrifar o spray sobre as unhas, basta esperar secar e lavar as mãos pra que todo o excesso de esmalte vá embora. Não é fantástico?

 

 

Cada latinha custa, em média, R$ 50 e a parte ruim é que a marca não é comercializada no Brasil. Além disso, a durabilidade do esmalte não é lá das melhores (cerca de quatro dias), mas a praticidade e inovação do produto são grandes atrativos. Ele já ganhou o título de “manicure mais rápida do mundo” e a ideia de ter as unhas esmaltadas em apenas 20 segundos parece mesmo fantástica, ótima pra situações de emergência!

Vamos torcer pra que a novidade inspire marcas nacionais!

 

DIY: T-shirt com aplicação de feltro

 

Eu gosto muito da mistura de cinza e rosa. Dia desses, vendo algumas imagens com essa paleta de cores, lembrei de uma camiseta básica que tava esquecida no armário e imediatamente me veio a ideia de aplicar o rosa nela. Catei minhas caixas de tecidos e aviamentos, encontrei o feltro e a linha na cor que eu queria e comecei o trabalho!

 

 

Bastou imprimir o molde, riscar sobre o feltro e recortar. Depois eu alinhavei sobre a camiseta pra facilitar a costura com a linha de crochê e pronto, uma camiseta novinha em folha!

Experimentem fazer por aí também. É rapidinho, fácil e muito gostoso usar algo feito por nós :)

 

Retratos da semana

Vivi dias atípicos nessa última semana e vou me esforçar pra que essas escapadinhas da rotina se tornem mais frequentes, porque – por mais bobas que sejam – elas fazem um bem danado pra gente.

 

 

Bem no meio da semana a gente saiu pra comer pizza e jogar boliche. Achei que eu seria um desastre na pista, mas até que não fiz tão feio, viu? Vai ver foi sorte de principiante, hahahaha:)

Também me permiti fazer algo que eu amo: customizar! O resultado ficou muito fofo e amanhã eu posto o passo a passo aqui, quem sabe vocês se inspiram?

Na quinta-feira eu fiz as malas e na sexta cedinho a gente pegou a estrada pro show de Caetano e Gil na capital. Coisa mais linda, gente! Saí de lá em estado de graça e vou guardar esse momento pra sempre! Quem me conhece sabe que eu sou fãzona de Caetano, então dá pra imaginar a alegria, né? Voltamos pra casa no sábado à noite e o domingo foi dedicado a arrumar a bagunça e descansar pra começar tudo de novo. Ainda bem!

 

Uniforme fashion

Não sei se isso está relacionado à maturidade, mas percebi – olhando pra mim e pras amigas ao redor – que quanto mais o tempo passa, maior a nossa facilidade de praticar o desapego, de desacelerar, descomplicar a vida.

Obviamente, é comum que esse “movimento” se reflita no nosso estilo, que acaba se tornando cada vez mais minimalista. Eu, por exemplo, nunca usei estampas ou cores fortes, mas tenho me restringido cada vez mais ao uso de cores sóbrias, como preto, branco e cinza.

 

 

Também tenho deixado os saltos altos pras ocasiões mais específicas, e quase sempre opto por sapatos baixinhos. Além disso, tenho duas paixões atuais que estão ficando meio perigosas: listras e saia midi. E aí vem aquele receio de parecer que a gente tá usando sempre a mesma roupa, mas explico: nesse calor danado que tem feito por aqui, saia midi é sinônimo de liberdade. A gente pode usar em qualquer ambiente ou ocasião, sem perder a feminilidade e elegância.

E listras são sinônimo de amor, né? Coisa que não requer explicação…

Geralmente, quando uso essa combinação (P&B), acrescento um ponto de cor na bolsa ou sapato. A primeira ideia é sempre o vermelho, mas como estou exagerando na mesmice, tenho me esforçado pra variar um pouquinho!