Vem, 2015!

 

Sei que nem todo mundo vai concordar comigo, mas 2014 foi um ano incrível e, ao menos por aqui, vai deixar saudades. Talvez a minha alegria em recebê-lo tenha feito desse ano um ano muito especial.

Lembro que no finalzinho de 2013 eu tava tão animada com a chegada do ano novo, que era impossível não alimentar a certeza de que um ano maravilhoso estava por vir. Não sei se foi a minha vontade de fazer com que desse certo, se foi toda a energia positiva que eu coloquei pra fora, mas a verdade é que 2014 foi um ano e tanto!

Esse ano foi tão bom que eu sinto um aperto no peito só de pensar que ele tá acabando. Sabe aquele medinho de que as coisas mudem bruscamente? Pois é, tá rolando esse sentimento por aqui!

Acho que 2015 vai ser um ano diferente, com grandes mudanças, e mudanças sempre assustam um pouquinho, né?

Mas, independente das minhas expectativas, uma coisa não muda: a vontade de fazer com que dê certo! Eu quero que 2015 seja um ano lindo, e não vou poupar esforços pra isso.

Espero que vocês estejam no mesmo pique, e que recebam esse ano novo de coração aberto. Que o nosso natal (tá quase, né?) seja cheinho de amor, esperança, paz e muitas, muitas alegrias!

 

Que 2015 comece trazendo todas as boas notícias que 2014 não teve tempo de anunciar.

 

Um ano novo incrivelmente feliz pra todos nós. Nos vemos lá!

 

Decor: Color Blocking

 

Por não saber cozinhar, a cozinha nunca foi um dos meus lugares preferidos da casa, mas desde que eu casei, comecei a perceber um fenômeno diferente: toda vez que alguém chega aqui, vai direto pra cozinha! É lá que a gente se reúne pra tomar uns drinks e jogar conversa fora, é na cozinha que os amigos sentam pra tomar um café, foi lá que a gente já passou momentos super divertidos desde que moramos aqui.

Como Dieggo adora cozinhar, é lá que ele passa um bom tempo também. Por isso, nessa fase da reforma, decidimos priorizar a cozinha, já que estamos indo por cômodo, ao invés de fazer tudo de uma vez só.

 

 

Todos os móveis da cozinha são pretos, com detalhes em inox. Acho lindo, mas só isso não dá personalidade nenhuma ao ambiente, então a gente decidiu incluir alguns pontos de cor. Como o color blocking tá super em alta na decoração, não é difícil encontrar referências bacanas.

Todas as imagens que ilustram esse post são do Westwing que, aliás, possui uma revista online cheinha de inspirações incríveis! Tô nessa fase de passar horas em sites de decoração – viva o pinterest! – buscando referências e me perdendo nas imagens lindas :)

 

 

A grande vantagem de usar as cores nos objetos é que a gente pode trocar quando bem entender, dando uma cara nova ao ambiente, sem ter que encarar uma nova reforma.

Amo os eletrodomésticos coloridinhos, são uma graça, né? Mas vale apostar em objetos mais simples também: frigideiras, recipientes plásticos, talheres e demais utensílios fazem uma diferença enorme quando acrescentam cor ao ambiente.

 

Assim que a minha cozinha estiver pronta, eu mostro tudo por aqui!

 

Que tal fazer diferente nesse natal?

Uma das melhores coisas dessa época do ano é ver as pessoas mais solidárias e dispostas a ajudar. É muito bonito ver os esforços coletivos pra proporcionar um natal mais digno pras crianças, pros idosos, enfermos e carentes.

Mas, infelizmente, algumas criaturinhas são esquecidas: quase ninguém lembra que os animais também merecem um natal feliz, gente!

Eu entendo que há muita gente precisando de ajuda, e até tento colaborar com cada projeto da forma que eu posso, mas queria propor algo diferente nesse natal: que tal incluirmos os bichanos nas nossas listas de doações?

 

 

Não precisa ser dinheiro, cada um ajuda como pode. Eu escolhi colaborar com a UDERVA, por ser uma ONG da cidade que faz um trabalho lindo e super sério – dá pra acompanhar tudo lá no facebook – e a gente pode ajudar doando ração, itens de higiene, medicamentos ou fazendo um depósito na conta da ONG.

Eu sei que muita gente deixa de ajudar por não poder contribuir com uma quantia significativa, mas já parou pra pensar que se cada uma doar um pouquinho  (R$ 5, R$ 10, R$ 20) esse pouquinho se multiplica e gera resultados enormes?

Então vamos nos unir nessa corrente de amor e ajudar os bichinhos que escaparam dos maus-tratos e abandono e merecem MUITO a nossa ajuda!

Deixo os dados bancários aqui embaixo, pra quem preferir fazer a doação em dinheiro, mas quem quiser ajudar de outra forma pode entrar em contato através do facebook e fazer a sua parte.

 

UDERVA

Banco do Brasil

Banco 001

Agência 0159-7

C/C 67388-9

CNPJ: 14.161.935/0001-64

 

DIY: Garrafas customizadas

Essa dica é tão simples que nem merece tutorial, é do tipo olhar e reproduzir, mas achei que a ideia merecia ser compartilhada como forma de inspiração. Vai que você nunca olhou com carinho pras garrafas de refrigerante e viu nelas – além de uma fonte de calorias – uma opção legal pra guardar pulseiras?
 
Eu comentei por aqui, outro dia, que tava animada pra fazer umas pulseirinhas, né? No final de semana passado coloquei a ideia em prática e ganhei vários acessórios novos. Depois de prontas, fiquei imaginando um jeito de guardar as pulseiras de forma organizada, mas sem deixá-las escondidas, já que é comum a gente usar com mais frequência as coisas que estão ao alcance dos olhos.

 

 

Lembrei de duas garrafas de coca-cola que eu havia guardado pra uma futura customização e veio a ideia de pintá-las com spray dourado. Eu já tinha um tubinho na cor “ouro” em casa – que, aliás, é infinitamente mais bonita que o “dourado”, vale salientar – então foi jogo rápido: duas camadas de spray, com um intervalinho de meia hora entre uma e outra, e as garrafinhas ficaram lindas!

 

As minhas novas pulseiras estão organizadas, expostas e decorando o ambiente. Uma graça! Adorei o resultado e não vou parar por aí, já tenho várias ideias do que fazer com as próximas garrafinhas e prometo ir compartilhando tudo no instagram – @popglam – então segue lá e fica de olho!

 

Sugestão de presentes: pensando fora da caixa

Se tem uma coisa que tira o sono de muita gente nessa época do ano é o tal do “Amigo Oculto”. Sempre rola um medinho de quem vai ser o seu amigo secreto, o que comprar pra dar de presente e como reagir no caso do mimo (dado, ou recebido, ou as duas coisas) não agradar.

Tem gente que é difícil mesmo de presentear, né? Sem contar que, com uma lista de presentes que só aumenta a cada ano, o orçamento fica curtinho.

Pensando nisso, resolvi criar uma seleção de livros com precinho amigo e que não se prendem a um gênero específico (agradam a todo mundo), cuja principal proposta é: pensar fora da caixa!

 

 

1 – Destrua este diário – O livro ficou famoso na redes sociais quando os leitores passaram a compartilhar o processo de desconstrução das páginas. O leitor é convidado a rasgar páginas, rabiscar, manchar e até mesmo levar o livro para o banho.

2 – Termine este livro – Aqui, a ideia é fazer conexões entre páginas soltas, o leitor passa a ser coautor da obra, cujo conteúdo é decifrado a partir de investigações.

3 – Rabiscos – Essa sugestão é pros pequenos. O livro estimula a criança a fazer arte e realizar trabalhos artísticos autorais.

4 – Gaveta de bolso – Reúne desenhos, atividades e textos “para distrair”. Há listas de tarefas bizarras, casamentos mais legais da ficção, pessoas com as quais você teve problema. Super interativo do começo ao fim!

 

 

5 – Caderno de rabiscos para adultos entediados no trabalho – Aí uma opção pra levar no amigo secreto da firma, hahahahahaha! A autora garante risadas ao propor brincadeiras e “atividades” com seu olhar crítico e bem-humorado sobre o ambiente corporativo.

6 – Caderno de rabiscos para adultos que querem chutar o balde – Parar de remar contra a maré, montar seu próprio negócio, recusar convites, deixar seu chefe de lado… Com suas dicas e propostas cômicas para aproveitar melhor a vida, o livro incentiva o leitor a ousar.

7 – Listografia – Eu, que tenho mania de listar tudo, fiquei fascinada com a proposta do livro. Com diversas perguntas bem-humoradas e ilustrações divertidas, ele nos incentiva a colocar no papel pedaços da nossa história pessoal. Ao final, a ordem é soltar a imaginação e inventar suas próprias listas personalizadas.

 

Pra encerrar o post, aqui vai o meu presente de natal pra vocês: o livro Gaveta de Bolso, que pode ser baixado gratuitamente aqui. =D