Encontro Vida Dois

Quem acompanha o blog sabe que eu não tive uma grande festa de casamento. A gente quis apenas uma celebração pequena. Casamos uma semana depois de passar um ano trabalhando na organização de um grande casamento, mas grande de verdade, desses onde quase não há limites de orçamento, sabe?

Acho que eu realizei todos os meus caprichos no casamento alheio, e, na semana seguinte, eu tava feliz da vida por escolher ficar rodeada apenas das pessoas mais íntimas. Toda noiva deve pensar isso, mas, pra mim, nenhum casamento foi tão lindo e especial quanto o meu!

Eu queria muito poder reviver aquela emoção todo ano, e acho que deveria ser assim pra todo mundo, mas a gente sabe que pra muitas noivas, o que deveria ser só motivo de alegria acaba dando uma dor de cabeça danada.

 

 

Pensando nisso, Lu Queiróz realizou na semana passada o 1º Encontro de Noivas Vida Dois, com o intuito de reunir as leitoras noivinhas em um espaço com dicas, fornecedores, bate-papo e troca de informações. Também teve muita comida boa, docinhos lindos, desfile de vestidos de noivas, mimos pras moças e sorteios incríveis!

Eu saí de lá bem na hora em que a orquestra tava começando o show, que deve ter rendido até altas horas, a julgar pela animação das meninas que foram ao evento. Imagina um monte de mulher reunida falando sobre casamento?

 

 

Pra quem ficou com vontade de participar da farra, se segura aí que ano que vem tem mais!

 

Eu uso: algum brilho e um toque de cor, por favor!

Nota mental para um próximo “look do dia”: não fazer fotos em casos de mal humor, baixo astral e TPM.

Hahahahahaha:) Sério, gente! Nem os óculos foram capazes de disfarçar a minha cara de acabada no dia dessas fotos. Mais uma manhã daquelas em que a gente sai da cama, mas não acorda. Até a saia tá torta, ó!

E, antes que eu passe o resto do dia fazendo o jogo dos sete erros, vou explicar o look: em um dia em que a minha vontade era nem sair da cama, imagina a disposição pra escolher uma roupa? Como eu ando muito apegada às saias com comprimento midi, comecei por ela. Escolhi o modelo de couro sintético pra fugir da vontade de pular dentro de uma calça qualquer e vestir a primeira camiseta que me aparecesse.

Já falei que quando o dia está cinza, eu contra-ataco usando peças com brilho, então escolhi essa camiseta infantil – customizei retirando as mangas originais e aplicando estas de paetês – e as sapatilhas com glitter.

Pra terminar, apenas um anel enfeitando o dedo e o amarelo da bolsa pra levantar o astral!

 

 

 

 

 

 

T-shirt: Riachuello (customizada)
Saia: Costureira
Anel: Hypnose
Sapatilha: Constantino Buffone
 
 

Use Severino

Sabe aquelas pessoas cujo nome, a presença ou só uma lembrança fazem a gente se sentir bem? Gente com energia boa, que a gente aprende a querer bem à primeira vista?

Quando a gente conhece pessoas assim, impossível não torcer por elas, não vibrar com as suas conquistas, né? Por isso eu fiquei tão feliz quando soube da Severino, a marca que nasceu de um sonho, da vontade do Edgar de criar roupas capazes de colorir a vida de quem as veste, que quebram a monotonia dos dias cinzas.

 

 

Severino é um paradoxo, nascido no Agreste de Pernambuco para mostrar que o povo das bandas de cá é cool, moderno, cosmopolita e irreverente, sem abandonar suas raízes e negar a sua força.

A coleção Alquimia das Cores tá incrível, as peças são resultado de um processo criativo que envolveu meses de pesquisa. O lançamento oficial acontece na próxima quinta-feira (27) mas as peças já estão à venda no site da marca.

Deem um pulo lá e vejam o quanto as peças estão lindas! Apesar de ser uma marca masculina, além de presentear o boy, quem disse que a gente também não pode usar? <3

 

Retratos da semana

Ontem era junho e daqui a pouco já é Dezembro. Como é possível que o tempo tenha passado tão rápido, hein? Com todos os exageros permitidos, parece até que eu mal guardei os enfeites de natal na caixa, já era hora de tirá-los de lá!

 

 

Aproveitei uma noite livre no começo da semana pra decorar a árvore, e fiquei o tempo todo lembrando quando ela entrou aqui pela primeira vez, há três anos atrás, e virou post pro blog. :)

Natal lembra presente, e essa semana teve visita do carteiro, que trouxe um kit com o lançamento da Sorriso: um gel dental clareador, que promete efeitos em 15 dias. Bom, né? Vou usar e conto tudo aqui depois!

E eu também me presenteei: o cropped estampado e o colar lindão foram achados lá da C&A. Doida pra usar!

 

 

Na quinta-feira a gente foi pro Encontro de Noivas – embora eu já não seja mais uma – e o evento rendeu vários registros inspiradores, que logo aparecem por aqui!

Aproveitei uma ida ao shopping dia desses, e visitei a Feira de Livros. Muito legal, viu? Recomendo! Dei início à leitura de uma das nossas aquisições e tô adorando. Leio um pedacinho toda noite, antes de dormir, com uma xícara de chá de baunilha do lado (outro vício!). É uma das horas mais felizes do meu dia!

Sábado teve aniversário e noivado de uma amiga muito querida, mas eu fiquei tensa por causa de uma surpresa que a gente preparou pra ela e não fotografei nadinha. Sou dessas.

No domingo teve a palestra de Roberto Justus, um ícone que a gente admira MUITO, desde os tempos da faculdade. Adoro esses momentos porque eles sempre fazem despertar na gente conceitos muito preciosos, que acabam sendo deixados de lado no meio do caminho. Entre as muitas coisas importantes que eu ouvi durante a noite, lembrar que a felicidade é a viagem, e não o destino, me fez repensar uma série de outras coisas, não no sentido de mudar de ideia, mas de reafirmar meus conceitos.

 

Eu uso: mais um achado de fast fashion

O look dessa semana quase nem vale um post, mas aqui está.

Explico: fiz as fotos dentro de casa, numa parede pálida e sem graça, ao retornar depois de um dia cheio, seguido de uma noite insone. Que falta faz uma foto externa, maquiagem digna, luz natural e algumas horas de sono!

Acontece que eu já usei essa roupa duas vezes (esqueci de fotografar da primeira) e provavelmente não vou usar de novo tão cedo, então resolvi postar o look assim mesmo.

A saia é aquela longa vermelha que vocês já conhecem e que geralmente agrada as moças com quem eu trabalho e a senhora simpática que entrega panfletos no centro da cidade. A bolsa, o colar, o anel e os óculos já apareceram por aqui. Até aí, nenhuma novidade.

Agora uma pausa para a descrição da camiseta: encontrei à venda na Riachuelo, na seção masculina, pela bagatela de R$ 19,90. É linda, a malha é gostosinha e tem uma modelagem legal. Comprei tamanho P e não fiz nenhum ajuste, apenas dobrei as mangas nesse look, mas já sei que rola usar com as mangas soltinhas e uma calça skinny, pra uma composição mais largadinha, sabe?

É por esse motivo que os departamentos masculinos são sempre os meus preferidos nas fast fashion da vida. Precinho bom e estampas legais, a gente vê por lá!

 

 


 

 

 

Camiseta: Riachuelo
Saia: Costureira
Anel: Renner
Colar: Caus